terça-feira, 2 de setembro de 2008

Senhor...


De onde tirar forças de onde já não há...?
O que passa na minha cabeça são apenas devaneios inúteis ao caso...
Tava pensando se eu não poderia ceder um pouquinho da minha vivacidade ao coração dele que anda tão frágil...
Coração que cheio de defeitos sempre carregou uma família dentro...
Quero que ele ainda bata, quero as contrações desse ventrículo esquerdo a todo vapor, porque a família que ai dentro esta, precisa de ti para continuar sorrindo, brigando, sendo a família de seres humanos humildes que sempre fomos...
Tirando forças de DEUS...
É o foco das minhas suplicas e orações, espero de algum jeito que bênçãos caiam sobre ti hoje, e que transcorra tudo bem...
Porque é só de TI que posso tirar forças para continuar sorrindo e dar sorriso aos outros, de resto me sinto um inútil, sem saber o que fazer...
Nem consigo chorar, talvez porque saiba que tudo irá se acertar, tudo ficará bem, é só no que eu consigo e quero crer...
Cuida dele Senhor, por favor!?

2 comentários:

Janah Lourenzo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciani disse...

Ô Rafa... às vezes fico bolada com certas coisas, pessoas que estão diariamente conosco, sorrindo, conversando, estudando, e a gente não dá a mínima para o que está se passando por dentro do outro. Nem todo riso é contente, nem toda brincadeira é concreta, nem todo olhar é condizente, mas é mais fácil pra gente enxergar o que está bem diante dos nossos olhos sem fazer grande esforço...
É aí que me sinto mais inútil e fútil, por me adentrar nesse invólucro de problemas pessoais que me impedem que sintamos aos outros. Não sei ao certo o que há com vc, sua família e afins... mas, pelo peso das suas palavras e súplicas, saiba, meu amigo (que te considero) que também irei rezar por vc, com todo afinco para que vc possa voltar a sorrir como quando eu te conheci!!
Grande e forte abraço,
Luciani!!!