segunda-feira, 29 de setembro de 2008

O toque


Cientifico, analítico, cauteloso
Que acolhe, cura, leva afeto
Transcende além das estruturas físicas
Toca a vida e a estimula

Uns mais brandos outros mais bruscos
Podemos nos comunicar com as mãos
O toque se resume a não resumir-se
E assim caminha a vida...

Técnica tal...
Método tal...
Não importa
É o amor que faz a grande diferença

A forma mais bela de falar...
É como se transporta emoções
O toque é o dom dos mais sensíveis a tudo
Faz parte do cotidiano

Na alegria e na tristeza
Na saúde e na doença
Lá esta o toque
Nas mãos de quem acolhe o mundo

O toque vem daqui...
O toque vem de lá...
Vem das mãos de Deus
Vem do ventre de quem abriga a vida

E o toque continua sendo um mistério
Uma longínqua realidade
Passam-se os tempos
E o toque é cada vez menos praticado

Mas ainda vejo as mãos de Deus...
Onde há toque, há vida e vivacidade
E assim espero que caminhe a humanidade...
Nas mãos de quem ainda semeia o toque...

Rafael Estefanutti

2 comentários:

sherlinha disse...

Rafa
ti lindoooo amigo

bjssss

Janah Lourenzo disse...

e vc se supera a cada post..
eh bacana ver o teu crescimento, seja como pessoa ou como escritor!!!
fico mto feliz por saber q tenhoi uma parcela de culpa nisso.. não seria prepotencia minha crer nisso não ne?

sei q o fato de ter ao teu lado alguem q sm leu mto te incentivou a fazer o msm... sei q vc admira isso em mim... e sendo assim resolveu seguir o exemplo e hj me supera trankiloooo!!

hiasauhiasa

tô tão prepotentee!!! eh nada.. to feliz por ver seu crescimento.. por ver q posso fazer os outros melhorarem pelo meu exemplo...

amo vc... e qro te ajudar a crsecer cada dia mais!!!!


bjocas seu bobocaa!