sábado, 2 de maio de 2009

Amor incondicional




Sem cerimônia, fui logo entrando naquele ambiente escuro de musica timpanicamente destrutiva, era uma noite decorada pelo misto das batidas ritmadas aos flashes que revelavam closes de varias faces, essas lindas, outras feias, cansadas, estranhas...
Tinha um DJ muito animado que mandava um som sem letra, mas muito empolgante, havia promiscuidade nos beijos, no deambular das garotas, essas praticamente sem roupa, desfilavam para o olhar da “matilha” que se esgueirava pelos cantos escuros atrás da bunda mais exposta... Eu acho incrível como ser aparentemente perfeito (a) nesses lugares atrai um relacionamento momentâneo e indispensável para quem se diz ser “da noite”. Mas nem todos são assim...
Tem o tal do “esquenta” antes da balada, desse eu particularmente não sou muito fã, uma vez que o pessoal que “esquenta” antes da balada fica totalmente “broxa” antes mesmo do começo da noite, imagine no fim, cena clássica do cara com barba por fazer, dormindo escorado na pilastra mais confortável que encontrou, segurando um copo de vodka pela metade e babando uma saliva espessa na própria camisa, essa que custou o “olho da cara”, mas que serviu para mostrar que estava na moda... Mas nem sempre é assim, eu exagero as vezes...
Eu estava naquela boate com um copo de vodka com energético, essa droga licita me deixou “alto”, nunca fui de beber, sendo esse o único copo da noite, mas que foi suficiente para fazer as batidas se multiplicarem nos meus ouvidos, o eco resolveu se instalar dentro da minha cabeça naquela noite, e não era só isso, havia o som forte que se propagava no ar e me estremecia, era quase uma massagem sonora, tava achando um barato aquilo, mas não recomendo isso para ninguém, nem sempre isso é legal.
Tava puto aquela noite com algumas coisas que haviam acontecido comigo, mas uma coisa é clara e certa, aquela boate não era um bom lugar para se refletir sobre nada, gosto mais da noite, mas sem ter nada contra o sol, porem a noite dentro de uma boate para quem precisa de apoio torna-se pasta de dente para acne, que só mascara o problema...
Se não fosse meu amigo, a noite teria sido fria, sem respostas, de muita bebida, iria ser mais uma noite vazia...
Nem sei se era dele mesmo que eu estava precisando naquele momento, só tinha na cabeça que eu tinha que extravasar, deixar meus princípios de lado, ser um descontrolado e talvez mais “lobo” daquela “matilha” que se dava bem de certo modo...
Mas um papo começou rolar entra a gente, eu e ele estávamos naquele lugar promiscuo, mas os amigos são como GPS do nosso espírito, naquele momento de todas as coisas fúteis que a gente poderia ter falado, todas essas ficaram guardadas, dando lugar as palavras das quais eu precisava ouvir, das direções que eu precisava seguir, das boas risadas que destinadamente foram reservadas aquele momento por dedo divino...
Das noites de luzes intermitentes, das mini blusas e mini saias, pude arrancar o melhor no apoio do meu amigo, onde independente do local ou da situação tornou-se claro os gestos de amor incondicional que me socorreram de um erro humano...
Continuo achando essas festas incríveis, vou para me divertir, observo bastante as pessoas, tiro inúmeras conclusões do comportamento delas, e percebo que são humanos acertando, errando, e no entanto, todos nós acabamos por ser o resultado de tudo que acontece na noite, no dia e durante a vida, porem indiscutivelmente o verdadeiro amigo é aquele que lhe alegra não só por uma noite, mas por uma vida toda.
Isso é só mais uma viagem para homenagear meus amigos de verdade que me estenderam a mão nas horas que eu mais precisei.

3 comentários:

Mateus Ksyvickis Costa Desrosiers Luz disse...

Muiito bom o textoo...
Adoreii aqui..
Parabéns pelo blog...
Voltareii maiis vzs...


Esperoo receber sua visita no meu tbm, fica o convite:

http://guardeparaosdiasdechuva.blogspot.com/
* ... música, política, celebridades ... *

Claudio soccer fan disse...

muito legal mesmo seu texto gostei do seu blog
da cor preta e tudo

Bruno Sass disse...

bskesaprovadiissimo teu blog, escreve com muita facilidade, kaosoaksokoa
voltarei mais vezes e ainda pretendo ler os outros post's...

qd puder: http://brunosass.blogspot.com/

abraaz